16 julho 2012

O que dá pra fazer com... Especial Fenearte 2012

Artesãs de Camaragibe/PE propõem a reutilização de cd´s envolvidos por crochê.


A 13ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) se despediu do público no último domingo, 15/07. Em 2012 a feira foi mais um dos eventos pernambucanos que reverenciou o centenário de Luiz Gonzaga. Rei do Baião deu o tom não só à decoração, mas também às peças de muitos dos artesãos que apresentaram seus trabalhos nos mais de 800 stands montados no Centro de Convenções de Pernambuco.


Mas o objetivo desta postagem não é descrever a Feira. Já fizemos esse trabalho através de texto e das imagens do post Conceitos e Tendências na Fenearte 2011 publicado aqui mesmo, no Blog da Pipa. O registro fotográfico da edição 2012 você acessa em nossa página no Facebook.


A ideia deste texto é mostrar projetos de reaproveitamento de materiais propostos pelos artesãos que expõem durante o evento. Circulamos pela 13ª Fenearte garimpando esses projetos. Separamos as ideias de acordo com o material utilizado. A nossa seleção você pode ver, e se inspirar, a seguir:


Plástico


No Espaço Interferência Janete Costa, a artista Thiana Santos expôs uma bela luminária feita com rolinhos de folhas de PET.

Na praça Respeita Januário, o Projeto Vaastu apresentou várias criações em PET, entre elas a parede da foto. O projeto é assinado por Mariama Freitas e Thiana Santos (escritório de arquitetura)

Artesãs de Floresta/PE trouxeram suas vassouras de PET

No stand do Conselho Estadual de Economia Popular Solidária de Pernambuco mais uma proposta de reutilização de cd´s.

O stand Flores de Pet apresentou lindas flores e arranjos feitos com PET

O Coletivo Brasil Moda Sustentável expôs belas peças como os anéis de PET da imagem.

Vidro


A artista Lívia Gomes de Sá transforma vidros vazios de perfume em belos castiçais e suportes para velas.

Mais um trabalho da artista Lívia Gomes de Sá.

Soeli Ferenc trabalha com garrafas de cerveja "amassadas".

As garrafas de vinho ficam encantadoras com o trabalho do stand Dona Pitanga.

Madeira


Edgard Viana reaproveita madeira de caixotes para desenvolver sua arte bela e diferenciada.

Detalhe da obra de Edgard Viana.