08 agosto 2012

Diário de uma aprendiz de Francês




Fato: sou uma aprendiz de língua francesa.

Eu gosto de estudar e recentemente os caminhos da vida me levaram até essa nova experiência de aprendizagem. A princípio relutei um pouco, mas logo em seguida os interesses na língua e na cultura francesa foram despertados em mim.

Tenho métodos de estudo bem particulares e um deles é a pesquisa. Eu só consigo fixar determinado assunto se pesquisar além do conteúdo visto em sala de aula e produzir algo a partir das pesquisas. Foi daí que tive a ideia de compartilhar essas pesquisas e produções aqui no Blog da Pipa. Acredito que conteúdo extra é sempre bem-vindo para quem realmente quer aprender e também para aqueles mais antenados que adoram estar por dentro de tudo. Sem falar que o dia a dia de um estudante, principalmente dos aprendizes de línguas, é cheio de curiosidades e situações bem divertidas.

Pois bem, estou me prontificando a compartilhar com vocês as minhas experiências enquanto aprendiz de língua francesa. Já andei postando algumas coisas aqui no blog, mas agora criarei uma categoria especial chamada Un peu de Français (tradução livre: um pouco de Francês).

Pra iniciar esse momento, começo compartilhando a minha última produção no curso. L'histoire du Sac en France foi meu projeto de conclusão do terceiro estágio do curso de francês. O tema da nossa turma foi Moda e escolhi falar um pouco sobre a história da bolsa tendo como foco a produção francesa. A apresentação precisava ser oral e o único apoio que poderíamos ter era o de cartazes em papel ou banners em lona, nada de tecnologia. Depois de muito pensar, defini o projeto, que descrevo a seguir:


Objetivo: apresentar oralmente uma visão geral da história da bolsa com recorte específico nas peças que foram desenvolvidas na França. O recorte será desenvolvido com base nas informações reunidas no livro Bags: a selection from The museum of Bags and purses, Amsterdam organizado por Sigrid Ivo, diretora do Museu de Bolsas Hendrikje. O museu possui a maior coleção de malas e bolsas do mundo com mais de 4.000 peças expostas. O livro apresenta uma seleção fotográfica com alguns dos principais exemplares de bolsas desenvolvidos desde a Idade Média.
Metodologia: serão utilizados cartazes ilustrados em que uma personagem vai apresentar, quadro a quadro, a história da bolsa na França. Os cartazes irão construir uma narrativa organizada a partir da ordem cronológica dos acontecimentos, neste caso, a linha do tempo de criação das bolsas. Os cartazes serão expostos pela apresentadora que irá substituindo um a um de acordo com a mudança na fala da personagem.
Personagem e argumento: Sophie é uma estudante, fascinada por moda como muitas outras garotas francesas. Apaixonada por bolsas, recentemente Sophie despertou interesse pela história deste acessório e iniciou uma pesquisa para satisfazer sua curiosidade. 

Com o plano do projeto pronto, parti para execução. São 16 lâminas ilustradas e impressas em papel couché no formato A3. Produzi com cuidado todas as falas, fotos e ilustrações que foram revisadas pela professora Paula Mendes (merci, Prof!). O resultado ficou tão agradável que decidi disponibilizar a versão eletrônica sob licença creative commons. Espero que gostem!