26 novembro 2013

5 cantinhos fáceis de fazer na sua casa também.


Morei 17 anos em Caruaru. A casa dos meus pais é simples. Não é muito grande e foi erguida por eles. Meu pai desenhou o projeto e sentou os tijolos junto com a minha mãe e mais alguns ajudantes contratados. A decoração sempre foi responsabilidade da minha mãe e minhas ideias mirabolantes não eram, digamos assim, muito bem-vindas.

Quando mudei para Recife eu dividia um apartamento minúsculo com meu irmão. Vida de estudante VIP (vindo do interior de Pernambuco) não é lá essas coisas e eu usava toda a minha criatividade para fazer sobrar dinheiro no fim do mês. Nunca deu muito certo.

Quando casei com Augusto Noronha me mudei para um apartamento onde finalmente eu pude colocar em prática as minhas ideias decor. Como não havia muito espaço, tudo era pequenino e sem grandes proporções. Até que, em 2012, nos mudamos para Olinda. Agora temos um espaço bem maior e todos os dias eu me pego pensando em algo diferente para criar cantinhos do amor aqui em casa. Da mudança até hoje, já criamos várias coisinhas que aos poucos vão deixando a casa com a nossa cara. Nada é muito caro e muitas das criações a gente fez reaproveitando coisas. Fiz um top 5 cantinhos aqui de casa para compartilhar com os leitores do blog. Após cada imagem há dicas de como fazer! Vou citar marcas porque faz parte do processo. Have fun!


O cantinho mais legal do quarto de hóspedes — sim, agora temos quarto de hóspedes — é a estante de prateleiras cheia de bibelôs. Essa região da foto foi montada com bonequinhos de promoção da China In Box e vasinhos coloridos comprados por R$ 3,00 na Le Biscuit. O pôster alternativo e fofíssimo do filme Amélie Poulain é de autoria do designer Rafael Muller (thanks, Rafael!).


Fotógrafo viaja e volta cheio de grandes clicks. Não é diferente comigo! Foi assim que eu decidi colocar na parede imagens que fiz nas minhas andanças pela França. Para ficar diferente eu usei como moldura espelhos plásticos daqueles de feira livre. Os meus foram comprados na Feira de Caruaru e custaram entre R$ 1,50 e R$ 4,00. A ideia é simples e baratíssima!


O nosso banheiro é grande e com paredes livres. É a primeira vez na vida que eu consigo decorar um banheiro. O quadrinho da imagem eu fiz com uma tampa de caixinha de MDF que estava esquecida na mudança + uma impressão com propaganda antiga de sabão. Adoro esse look retrô!


Vai parecer jabá da China In Box, mas o que posso fazer se os brindes deles são fantásticos? Tenho deles por todos os lugares da casa. Enfim, precisava usar o que sobrou da caixa de MDF sem tampa, não é? Foi só imprimir uma textura e colar no fundo da caixa que virou um nicho perfeito para receber a bonequinha.


Para terminar esse top 5 compartilho o móbile de tricô na janela. Custou R$ 5,00 na Fenearte deste ano. É incrível como um móbile colorido dá vida ao ambiente. Há outros móbiles pela casa. Se gostarem dessa postagem eu prometo trazer mais coisinhas aqui para o blog, incluindo os outros móbiles.

Fotos: Karla Vidal