11 janeiro 2014

Sobre a história da fotografia e como me tornei amiga do bisneto de Étienne-Jules Marey

Voo do pelicano, capturado por Étienne-Jules Marey em torno de 1882. Ele encontrou uma maneira de gravar várias fases do movimento em uma única foto. Fonte Wikipedia.

Pode sentar que a partir de agora eu vou contar história com história.

Na primeira semana de 2014 compartilhei no Facebook um texto em espanhol que reunia alguns momentos importantes sobre a história da fotografia. O texto falava sobre alguns nomes e algumas invenções que contribuíram para a invenção da fotografia que estaria completando aniversário de 175 anos em 2014, já que a maioria desses momentos teria acontecido em 1839.

O texto chamou a minha atenção pelo caráter comemorativo. Nele obviamente faltam muitos elementos de grande contribuição para a história da fotografia que logo foram lembrados pelo meu brilhante professor de francês Xavier Noel-Bouton.

Xavier Noël-Bouton
— Alors il faut que je t'écrive un petit memo sur Nicephore Niépce et sur un autre génie du 19ème, Etienne-Jules Marey (eu preciso te escrever uma pequena nota sobre Nicéphore Niépce e um outro gênio do século 19, Etienne-Jules Marey), comentou Xavier na minha postagem. Nesse momento eu lembrei de quando ele havia mencionado durante as aulas de francês que seu bisavô era inventor e havia contribuído para a história da invenção do cinema desenvolvendo animações no campo da medicina. Não sei se o meu nível de francês na época era insuficiente e eu não compreendi, mas eu jamais poderia imaginar que ele pudesse estar falando de Étienne-Jules Marey.

Assim, provocadora que sou, sugeri a ele que escrevesse a história para que eu pudesse saber mais e compartilhar aqui no blog. Assim ele o fez  em francês porque ele também é um ótimo provocador  e é essa a história que eu traduzi e vim contar aqui no blog para vocês.

Dei uma pausa nos estudos de francês, mas mantive contato com Xavier que se tornou um grande amigo. Essa vida é muito engraçada porque em certo momento eu quase desisti da fotografia. Continuei graças a uma boa professora. Hoje em dia eu quase desisti do Francês, mas continuei por causa de dois grandes professores, entre eles Xavier. No texto vocês vão perceber que ele levanta coincidências entre dois grandes nomes da história da fotografia. Eu agora agradeço por essa feliz coincidência em minha vida. 

Merci, Xavier pour partager votre histoire avec nous !

Nicephore Niépce et Etienne-Jules Marey, les inventeurs bourguignons.
Nicephore Niépce e Etienne-Jules Marey, os inventores borgonheses.



Texto de Xavier Noël-Bouton
Tradução livre de Karla Vidal

Beaune et Chalon sur Saône sont situées respectivement à 311 et 335 km de Paris. Au nord de Lyon sur cette voie naturelle qui relie Paris au Alpes ou à la Côte d’Azur.

Beaune e Chalon-sur-Saône são cidades francesas localizadas respectivamente a 311 e 335 km de Paris. Situadas ao norte de Lyon formam o caminho natural que liga Paris aos Alpes ou à região de Côte d’Azur, conhecida Riviera Francesa.

Les deux villes se trouvent entourées du vignoble de Bourgogne, le plus diversifié et probablement le plus prestigieux du monde.

As duas cidades estão localizadas na região da Borgonha, rodeadas pelos mais diversos vinhedos que são provavelmente os mais famosos e apreciados do mundo.

La ville de Beaune fut crée en 1203. Elle a, aujourd’hui 22 000 habitants. Son activité est intégralement viti-vinicole. La ville est un trésor d’architecture, dominée par les Hospices de Beaune, mondialement connus.

Beaune foi fundada em 1203. Hoje possui 22 mil habitantes. As principais atividades da cidade estão ligadas a produção de vinho. A cidade também é considerada um verdadeiro tesouro arquitetônico, com destaque para o mundialmente famoso Hospices de Beaune.


Hospices de Beaune. Fonte: Wikipedia.

30 km plus au sud, sur la Saône, la  ville de Chalon sur Saône est plus ancienne, même si son évolution ne lui a pas laissé le cachet extraordinaire de Beaune: la ville a été créée il y a 20 siècles. La ville de Chalon est une ville industrielle de 50.000  habitants.

30 km mais ao sul, situada sobre o rio Saône, está a cidade de Chalon sur Saône. Fundada há 20 séculos é uma cidade industrial com 50 mil habitantes que, mesmo sendo maior e mais antiga, não possui o mesmo destaque que a vizinha Beaune.

Beaune est au centre de la Côte de “Beaune” et Chalon sur Saône est au centre de la “Côte Chalonnaise”. A mi distance se situe le village de Rully, dernière Appellation Contrôlée au nord de la Côte Chalonnaise, village “frontière” avec la Côte de Beaune.

Beaune está localizada ao centro da Côte de Beaune.Chalon sur Saône está situada ao centro da Côte Chalonnaise. Entre as duas cidades há uma pequena vila chamada Rully que é a última Appellation Contrôlée (uma denominação geopolítica conferida a uma zona delimitada onde os produtos têm a mesma característica e são submetidos ao mesmo texto regulamentador) da Côte Chalonnaise. Rully fica no extremo norte da Costa Chalonnaise, fazendo fronteira com a Côte de Beaune.

 Joseph Nicéphore Niépce
Joseph Nicéphore Niépce est né en 1765 à Chalon-sur-Saône. Sa famille était une famille bourgeoise respectée. Après la révolution, il se marie et se consacre à ses “inventions”. Niepce est un inventeur qui s’intéresse particulièrement au mouvement perpétuel. Au fil du temps, il devient très endetté.

Joseph Nicephore Niépce nasceu em 1765 em Chalon-sur-Saône. Sua família era de origem burguesa, respeitada pela sociedade da época. Após a revolução, casou-se e dedicou a vida as suas "invenções". Niépce foi um inventor especialmente interessado em máquinas do tipo Mouvement Perpétuel (moto-contínuo ou movimento perpétuo). Com o passar dos anos, tornou-se um inventor altamente endividado.

Dès 1812 il parvient à obtenir des lithographies de négatifs. Lorsqu’il maitrise le moment où il faut stopper l’action de l’hyposulfite de sodium  et l’exposition à la lumière, on peut considérer que la photographie est découverte. Ce but est atteint en 1829. Niépce crée un domaine viticole à Rully qui a élaboré des vins blancs et rouges de qualité reconnue. Il meurt en  1833.

Mesmo assim, já em 1812 Niépce conseguiu produzir litografias em negativo. Podemos considerar como o descobrimento da fotografia o momento em que  Niépce conseguiu fixar a imagem através da ação do hipossulfito de sódio e da exposição à luz. Esse momento aconteceu em 1829. Niépce criou uma vinícola na vila de Rully onde elaborou vinhos brancos e tintos de qualidade reconhecida. Ele morreu em 1833.

Étienne-Jules Marey
Peu avant sa mort, en 1830, le 5 mars pour être précis, naît à Beaune Etienne Jules Marey. Son père était le chef de cave (œnologue) de la célèbre maison Bouchard Père et Fils. Adolescent, Marey veut devenir ingénieur. Sa mère n’accepte pas cette perspective et lui destinant une vie sociale de bonne qualité souhaite qu’il soit médecin. Etudiant brillant, il devient médecin et passe le concours de l’Internat des Hôpitaux de Paris en 1854. Il a 24 ans, et jusque là jamais personne n’avait été lauréat de l’internat aussi jeune.

Pouco antes da morte de Niépce, em 5 de março de 1830 para ser mais preciso, nasceu, na cidade de Beaune, Etienne-Jules Marey. Seu pai era enólogo, mestre da famosa vinícola Bouchard Père et Fils. Quando adolescente Marey queria ser engenheiro. Sua mãe não concordava com esse desejo e se esforçou para lhe oferecer uma vida social de boa qualidade. Desejava que fosse médico. Estudante brilhante tornou-se médico e ingressou através de concurso no Internat des Hôpitaux de Paris, em 1854. Tinha 24 anos, e até aquele momento ninguém tão jovem tinha conquistado vaga na instituição.


Retrato de Etienne-Jules Marey e suas invenções. Fonte: Wikipedia.

Il commence alors des recherches sur la circulation du sang. Tout ce qui est « mouvement » du point de vue physiologique l’intéresse de l’homme qui pratique un sport à l’oiseau qui vole en passant par le cheval aux différentes allures.

Assim tiveram início as pesquisas de Etienne Jules Marey sobre a circulação sanguínea. Tudo que significava movimento, do ponto de vista fisiológico, lhe interessava, desde o homem praticando esporte, ao pássaro voando, passando pelo cavalo, em diferentes andamentos.


Cavalo branco montado. Étienne-Jules Marey, 1886. Fonte: Wikipedia.

En 1878, il publie la méthode graphique et travaille en relation avec Muybridge qui réside en Californie et les deux se lient d’amitié.

Em 1878 publicou seu método gráfico em conjunto com Eadweard Muybridge que residia na Califórnia. Os dois se tornaram amigos.


Galloping horse, animated in 2006, using photos by Eadweard Muybridge. Fonte: Wikipedia.

Marey réside à Paris dans le quartier de Passy et à Naples où son épouse, la princesse d’Avalos donne naissance à sa fille Francesca (ma grand-mère) en 1871. Après plusieurs inventions dans le domaine médical pur (sphymographe-En 1881, il met au point le Fusil Photographique qui est en fait la première caméra cinématographique. Marey est ainsi honoré par la communauté scientifique du monde entier. Il achète un domaine viticole à Rully qui s’appelle le Domaine de la Folie. Il meurt en mai 1904 à Paris.

Etienne-Jules Marey morou em Paris, na região do Quartier de Passy, e em Nápoles, onde sua esposa, a princesa d'Avalos deu à luz a filha Francesca (minha avó) em 1871. Depois de várias invenções no campo da medicina, como o sphymographe, desenvolveu em 1881 o fuzil fotográfico que é na verdade a primeira câmera de filme. Por sua importante contribuição Marey é reconhecido por toda a comunidade científica mundial. Assim como Niépce, Marey comprou uma vinícola na vila de Rully, a que deu o nome de Domaine de la Folie. Etienne-Jules Marey morreu em maio de 1904 em Paris.


O fuzil fotogáfico de Etienne-Jules Marey foi a primeira câmera cinematográfica portátil da história. Fonte: Wikipedia.

Ce que j’ai voulu montrer, c’est le fruit de ce hasard formidable : dans la même région  deux précurseurs, l’un de la photographie, l’autre du cinéma (photographie animée) dans des domaines apparentés, ont vécu sans jamais se connaître et ont eu la même passion : le vin, la viticulture et un village dont ni l’un ni l’autre n’était originaire : Rully.

O que eu quis mostrar foi essa curiosa coincidência: em uma mesma região, dois precursores, um da fotografia, o outro do cinema (fotografia animada), de áreas aparentemente distintas, que viveram sem se conhecer, ambos com as mesmas paixões: o vinho, a viticultura e uma pequena cidade onde nem um, nem outro nasceu: Rully.

E a fotografia! ;)