26 maio 2014

O que dá pra fazer com: tecidos


Vamos parar de enrolação e dar continuação à série de postagens O que dá pra fazer com....? É a tag do blog que eu mais gosto e faz um tempão que não posto nela. A bola da vez será... Stop! "A bola da vez" é uma expressão muito copa do mundo. Vai saber se a Fifa não registrou isso também? Vamos recomeçar! O escolhido da vez é o tecido e, além das indicações de costume, vamos mostrar um passo-a-passo em imagens do que já pusemos em prática.

Aí você me pergunta (e já responde logo em seguida): como assim o que dá pra fazer com tecido? Dá pra fazer roupa! Concordo. Mas, a minha ideia aqui é justamente mostrar criações não tão óbvias assim. Aliás, nem posso chamar a criação de roupas de algo óbvio. Os grandes estilistas estão aí para provar exatamente o contrário!

Minha proposta é bem mais modesta. Estou pesquisando boas ideias que podem ser produzidas com aqueles cortes e retalhos de tecido que estão guardados lá no fundo do armário. Tenho vários pequenos cortes de tecido que, por serem pequenos, não servem para confecção de roupas. Alguns não servem nem para almofadas! Costumo usar os recortes maiores como fundos para fotografia de pequenos produtos. Super funciona! Mas, nem todos servem para isso. Como são estampas lindas, fico com pena de vê-los encostados. Minha meta é criar algum espaço de fama para eles :)

Foi assim que pensamos em aproveitar os retalhos criando buttons que pudessem ser utilizados de várias maneiras. Fica lindo! Fica fantástico! Nada mais é do que um botão forrado. Só que é você que escolhe a estampa!

Dá pra usar em bolsas, bonés, biquínis, prendedores para cangas, lenços, cachecóis etc. É aquele ponto focal para o seu look. Também dá pra usar na decoração em cortinas, almofadas e onde mais você quiser. Já estamos pensando também na versão ímã. Gostamos tanto que estamos pensando em produzir em série, o que acham?

Também aproveitamos tecido para criar outros produtos, mas esses serão pauta para novas postagens! Eis o processo de produção dos buttons:


Primeiro é necessário marcar o tecido no tamanho do button. O nosso tem 38 mm de diâmetro e o círculo de tecido precisa ter 50 mm. O que passa é para o acabamento.


Em seguida é necessário cortar os círculos de tecido. Pode ser qualquer tecido, não importa a composição. Usei retalhos 100% algodão. Creio que os sintéticos se adaptem bem também. Testarei e depois contarei!


Os círculos não precisam estar milimetricamente perfeitos porque há uma sobra reservada para a dobra do acabamento. Rebarbas ou desfiados não serão problema. Esqueci de fotografar o círculo do tecido laranja :P


Depois é só posicionar o círculo no balancim — com a estampa para baixo — para montar e fechar o button. A área laranja dessa imagem é o círculo de tecido.


O balancim é a máquina de fazer buttons. Ela é totalmente mecânica e muito fácil de usar. São dois movimentos para montagem de um button. Primeiro você reveste a concha fontal, como na imagem, e logo em seguida fixa a parte de trás. Os botões são feitos um a um.


Voilá ! Estes são os dois mimos que montamos reaproveitando retalhos de tecidos maravilhosamente estampados!


Mais um click da fofura!


Agora uma sugestão de uso! Prendi uma echarpe usando o button laranja. Achei que ficou uma graça! E vocês, gostaram?