05 outubro 2014

Chá gelado de limão - Vlog da Pipa

Foto: +Karla Vidal 


Nossa Senhora padroeira do Youtube! Como é difícil manter um escritório, uma família com sua respectiva casa, perfis nas redes,  sites, um blog e um canal no Youtube. Misericórdia! É por isso que eu sigo e admiro tanto o trabalho dos vlogers. Gente que rala e faz muito bem feito! E como não sou de desistir assim tão fácil, botei a mão na massa e vim anunciar que saiu o segundo Vlog da Pipa. \o/ ÊÊÊÊÊÊÊÊÊ!


A história dessa receita é longa. Quando cortei refrigerantes da minha alimentação em 2002, entrei em uma pequena crise de abstinência. A solução foi tentar encontrar uma bebida substituta para suprir a necessidade. Elegi o chá gelado de limão (não curto os de pêssego) para cumprir essa função. Comecei consumindo o produto da marca Lipton® que é um pouco aguado, mas é ok. No entanto, é difícil de achar no mercado. Troquei para o Nestea que era bom na época e depois foi ficando muito doce e meio mate, mesmo afirmando ser chá preto. Aí apareceu no mercado uma versão com chá preto da marca Leão Ice Tea que eu adorava. Minha alegria durou pouco, as latinhas foram sumindo das prateleiras e quando as encontrava eram extremamente caras. Só agora fiquei sabendo que é tudo da Coca-Cola e o Ice Tea que tanto gostava virou um chá chamado Leão Fuze que, na minha opinião, é uma versão ainda mais aguada que o Lipton®.

Lista de ingredientes para fazer um chá gelado refrescante sabor limão. Foto: +Karla Vidal 

Para me livrar desse jogo de marcas e sabores eu decidi fazer meu próprio chá. Já sabia exatamente do que gostava e do que não gostava, então, foi só realizar alguns testes até chegar na receita perfeita para o meu paladar que é essa que vou ensinar a fazer no vídeo. O rendimento é de um litro e o custo médio é de 2 reais. As latinhas de chá no mercado costumam custar entre 1,99 e 3,50 para 340ml. É muito fácil e rápido de fazer! Para aprender é só dar play no vídeo a seguir.





No Recife sempre encontro limão siciliano na RM Express do bairro de Santo Amaro. O chá pode ser qualquer um, desde que seja preto. Já usei chás nacionais e importados. A única diferença é que para os chás importados, mais fortes, uso apenas dois saquinhos e não três como no vídeo. Usei água filtrada, mas você pode usar mineral também. Fiz uma versão usando água com gás e também ficou bom, mas tem que consumir na hora ou armazenar em um recipiente que não deixe o gás escapar.

É isso! Se fizer e gostar, volta pra comentar com a gente!