12 fevereiro 2015

Fantasia minimalista pra brincar o Carnaval


É isso mesmo que você está pensando! Não deu tempo de pensar e muito menos de preparar aquela fantasia super elaborada para o Carnaval. Nunca dá, né?

Mas, se você tá enfrentando o mesmo problema que o nosso, não se dê por vencido! Sempre dá pra criar alguma coisa legal de última hora. Quando já estávamos prestes a assumir o 404: fantasia não encontrada por aqui, eis que a lâmpada faz plim! e acende com uma ideia massa: acessórios.

Blogs de moda sempre falam do poder dos acessórios e a gente quase nunca dá muita bola, mas eles estão certos. Ano passado a gente sugeriu a ideia das máscaras das redes sociais. Se você não viu clica aqui que elas podem ser úteis este ano também. Máscaras são acessórios que podem dar um up na sua fantasia ou fazer as vezes de uma, o que foi o nosso caso.

Foi assim que no desespero de uma quinta-feira pré-carnaval pensamos em repetir a ideia e fazer novas máscaras com novos temas. Muito chato! Pensamos mais um pouquinho e chegou a ideia de criar adereços que formam uma composição legal que chamamos de fantasia minimalista de papel. São recortes simples no estilo Photo Booth Props (joga no Google!) muito utilizados nos quatro cantos do mundo e agora também nos quatro cantos de Olinda (pam, pam, pam, pam!).

Tem obra de Magritte, Frida Kahlo (deusa), a Rainha Vermelha, a La Ursa e um francês simpático desejando bom dia pra todo mundo. É só imprimir, prender num palito de churrasco e cair na folia. Se não tiver palito de churrasco serve canudo, lápis de cor e até palito de picolé. Usamos papel de gramatura 180. Mais fino que isso não serve porque não há firmeza suficiente e enrola. Rasgou ou perdeu o adereço no meio da folia, relaxa que quando chegar em casa você imprime outro pro dia seguinte!

Como ideia boa é ideia compartilhada, o PDF dos adereços está disponível para quem quiser baixar aqui.




Divirtam-se no Carnaval! E lembrem-se: respeito e moderação nunca fazem mal a ninguém!