14 maio 2015

Como fazer funcionar os plugins sociais do Facebook no Blogger

Imagem de divulgação do Facebook Developers.

O bom de trabalhar com muitas plataformas e sistemas operacionais é que você consegue encontrar erro em tudo. E por que isso é bom? Porque é função de quem trabalha com design encontrar os problemas e propor as melhores soluções. Com o trabalho constante você vai adquirindo experiência e começa a antecipar alguns problemas. No meu entendimento isso é bom, mas muita gente não compreende e acaba taxando você de pessoa chata e negativa que vê problema em tudo. Mas, acredite, essa antecipação é o que salva a vida de muitos projetos.

Eu uso o sistema Windows para a maioria dos projetos que desenvolvo. Também trabalho com iOS, mas não é o sistema que mais uso. Em dispositivos móveis uso Android, iOS e também Windows. Para websites uso de tudo: de HTML simples até CMS. No caso dos blogs uso Wordpress (.org e .com), Blogger, Tumblr e o que mais aparecer. E é justamente alimentando vários blogs em diferentes plataformas que as incompatibilidades aparecem para serem resolvidas.

Recentemente o Facebook anunciou que o plugin Like Box seria desativado e substituído pelo novíssimo Page Plugin, mais elegante e supostamente mais atraente. O plugin é aquela caixinha que tem em quase todos os sites onde são exibidos os avatares dos fãs e o botão de Like de uma fanpage. Começa então a corrida para substituir o Like Box de todos os sites de projetos ativos. No HTML e no Wordpress tá tudo certo, mas no Blogger a coisa complica um pouquinho mais.

Para fazer rodar os plugins sociais do Facebook é necessário inserir dois códigos em seu site/blog: um JavaScript SDK próprio do Facebook que você pode estudar sobre ele no Facebook Developers e o código do plugin referente ao tipo de plugin que você escolheu (Page Plugin, Share Button etc.).

Até aí passos muito normais para qualquer pessoa que trabalha gerenciando websites. Só que aquele JavaScript do Facebook, responsável por habilitar qualquer um desses novos plugins, precisa ser convertido antes de ser inserido no código fonte do Blogger. Isso acontece porque o sistema de escrita de código no Blogger é diferente. Se tentar, você provavelmente vai se deparar com um erro  do tipo:

Erro ao analisar XML, linha 661, coluna 64: The reference to entity "version" must end with the ';' delimiter.

Como a web é um mundo maravilhoso de colaboração, existe ferramenta online para conversão do código de forma simples e rápida, a Blogcrowds HTML Parser, que você pode acessar aqui. Basta inserir o código oferecido pelo Facebook e acionar o botão PARSE. A ferramenta gera o código adaptado para o sistema de escrita aceito pelo Blogger de forma automática. É bom? É maravilhoso e poupa um tempo incrível. Mas, é bom pontuar que copiar e colar sem saber o que aconteceu de fato não vai fazer de você um desenvolvedor.

Não vou entrar nos detalhes dos tipos de escrita de código e tudo mais porque é uma história longa e vai ficar muito chato. Eu também não sei de todos os detalhes porque não sou desenvolvedora plena. Só sei o suficiente para realizar as minhas atribuições de webdesigner. No entanto, aconselho muito que busquem estudar o assunto se o desejo é administrar websites. É muito importante ter noção do que está fazendo para saber solucionar novos ou até o mesmo problema caso aconteça novamente. O que estudar? HTML, XML, CSS e JavaScript já é um bom começo. O wordpress tem o https://codex.wordpress.org/ que é imprescindível tanto para quem quer apenas postar como para quem vai fazer a manutenção do site.

Espero ter ajudado quem se descabelou com esse probleminha que o Zuckerberg fez questão de trazer para quem usa Blogger. Tomara que de uma próxima vez eles considerem que nem todas as plataformas são iguais, né? Essa guerrinha Face x Google não leva a nada!

Quem quiser ver mais postagens de dicas assim dá um +1 ou comenta na postagem para que eu possa saber se está sendo útil para vocês, ok? :)